Tablet and mobile version not available yet..
voltar à página anteriorvoltar à página anterior

António José Pacheco Ribeiro

Integrado Interno

Categoria:
Professor Auxiliar Convidado
Instituição:
Universidade do Minho
Grupo:
Aprendizagens e Desenvolvimento da Criança
Identificação:
Ciência ID: E81D-1E8F-C2FD
Areas of Interest:
No items found.
Orientador(es):

Resumo Biográfico

Licenciado em Ensino de Música pela Universidade de Évora e Mestre em Estudos da Criança – Especialização em Educação Musical pela Universidade do Minho. Realizou a parte letiva do Curso de Mestrado em Etnomusicologia na Universidade de Aveiro. Doutorou-se na Especialidade de Educação Musical, em Estudos da Criança, na Universidade do Minho. O seu interesse de pesquisa centra-se no ensino artístico especializado da música em Portugal,e na etnomusicologia e música tradicional, áreas em que tem desenvolvido diversos projetos de interação com a sociedade. Leciona no Conservatório do Vale do Sousa, Lousada, e no Instituto de Educação da Universidade do Minho. É membro integrado do Centro de Investigação em Estudos da Criança.


Orientações de doutoramento em curso:

João Guimarães Ribeiro

José Augusto Neves de Moura

Sidónio Manuel da Costa Oliveira


Projetos em curso: 

RECEB: Projeto que desenvolve os programas para o 1º e 2º Ciclos de Ensino Básico da Guiné-Bissau, com apoio da FCG, Unicef, Global Partnership of Education e UMinho. Elaboração dos Guias para os Professores e Manuais Didáticos para os alunos.

Programa nacional de formação do pessoal docente: Mestrados de Formação de Professores do Ensino Superior Pedagógico – República de Angola: Mestrado em Metodologia de Educação de Infância – Huila: Docente.

Universidade Nacional Timor Lorosa`e – Projeto da Licenciatura em Formação de Professores da Educação Básica: Docente.

EQT-RECEB - Projeto Ensino de Qualidade para Todos - Reforma Curricular do EB da Guiné-Bissau - ID: 33347, do Investigador Responsável Laurinda Sousa Ferreira Leite, cujo estado foi alterado para "validada GAP", numa taxa de dedicação de 5%.